Entrevista a José Mário Silva - Espertalhos do Roger

2018

Dezembro

2017
2016
2015

Os Espertalhos do Roger organizam a jornada de Julho do Campeonato de Quiz de Cascata, portanto fomos entrevistar um dos elementos da equipa: José Mário Silva. Uma das presenças mais conhecidas do campeonato, o José Mário é uma pessoa que diz tudo o que lhe sai da boca para fora!


Que inovações agradáveis poderemos presenciar no Quiz dos Espertalhos?
Vão ter de esperar para ver. Não queremos comprometer o efeito-surpresa (mesmo que a surpresa seja apenas a ausência de surpresas). 


Qual é a vossa musa quando organizam o Quiz para o Campeonato?
A nossa musa é um muso e está para sempre inscrito no nosso nome, mas sobretudo na nossa memória. Chamava-se Rogério e não há Quizz em que não sintamos a falta que nos faz.


Quais são as vossas ambições para esta época? Acham que vão precisar de um Éder para cumprir?
A nossa ambição não podia ser mais portuguesa: empatar todos os jogos até à vitória final. Fernando Santos style. E não precisamos de um Éder, porque todos somos Éderzitos, à espera da redenção com luva branca. 


Se mudasses alguma coisa no Campeonato o que seria?
Acho que já vai sendo tempo de transmitir o Quizz na televisão (para aí no canal 5 da SportTv). Com o dinheiro dos direitos televisivos, melhorava-se a qualidade do álcool servido à equipa organizadora e dos rebuçados/chupa-chupas/pipocas/batatas fritas que são despejados nas mesas. 


Como começaste no mundo dos quizzes?
Alguém me disse para aparecer uma noite na Ajuda, "que aquilo é giro e vais gostar". Os Espertalhos precisavam de reforços. Sentei-me com eles. Realmente aquilo foi giro. Gostei. Gostei mesmo muito. Voltei. Etc. e tal. 


A que quizzes vais regularmente além do Campeonato de Cascata?
Regularmente, só participo no Campeonato de Cascata. Mas já passei pela Guilherme Cossul, pelo Estado de Alma, pelo Magic Pool Bar, pela esplanada do café O das Joanas (no Intendente) e pelo campeonato nacional (Instituto Superior Técnico).


O que mais te cativa nos quizzes?
O convívio, as bocas, as polémicas, as coisas que nem imaginava que sabia e as que devia saber e não sei, a competição, a adrenalina, a cerveja, a amizade.


Quem é a tua França, ou seja, aqueles que não gostas mesmo nada que fiquem à tua frente?
Eu por acaso até nasci em Paris e torço pela França, sempre que não joga com Portugal. Mas para não fugir à questão, diria que há várias candidatas a 'bête noire', sendo que a maior é obviamente a Alemanha do Quizz, esse jogo em que há três níveis com seis cascatas cada e no fim ganham os Mamedes.