Equipas do Quiz Nations Portugal: Manos Castro

2021
2020
2019
2018
2017
2016
2015

Apresentação dos Manos Castro, equipa que participa na 1ª edição da liga online Quiz Nations Portugal, nas suas próprias palavras:

Os Manos Castro são uma espécie de alter ego do Fernandos Mamedes, equipa que pontifica no saudoso e já milenar campeonato Quiz de Cascata da Ajuda — uma espécie de Hulk Cinza, mais cerebral e menos musculado (neste caso por força da redução de 6 para 4 elementos).

Formaram-se originalmente em 2017 para lutar pelo título de campeão de Dr.Why Portugal, distinguindo-se principalmente pela inclusão do José André, habitual inimigo figadal na Ajuda (mas amigo próximo nos restantes bairros lisboetas). Contaram para isto também com o perguntador-mor Paulo Martins, que se encontra em licença sabática e aceitou graciosamente o convite para criar os temas nacionais da prova.

As suas expectativas nesta primeira edição são claras: ganhar a competição ou, no mínimo, perder e culpar a sorte. Divertirem-se pode ser um sub-produto aceitável.

São compostos por:

Sofia Santos: engenheira biológica de formação, oscila entre falhar bandeiras de países europeus que já entraram nos Jogos sem Fronteiras e debitar detalhes eruditos da vida de pintores pré-rafaelitas. Faz perguntas para a Liga Quiz e um concurso de televisão, queixando-se de não conseguir decorar as respostas para uso ulterior.

Frases-chave: "Já perguntei isto no Joker" e "Esta pergunta [de ciência] está mal formulada, mas o que eles querem é [termo científico comum], vá...".

 

Alexandre Gonçalves: híbrido de matemático com engenheiro civil, salienta-se pela sua impressionante cultura geográfica e em música clássica, apetência por factóides exóticos e convicção profunda de conseguir reconhecer uma música acelerada de Nicki Minaj (era um homem a cantar, afinal).

Frases-chave: nenhuma. O Alex quando sabe responde, quando não sabe passa.

 

Jorge Páramos: físico desde 2001, o seu filme preferido. Tenta combater o estigma de ser "o gajo de ciências" com uma predilecção por história, mas destaca-se pela capacidade de listar características técnicas de assentos ejectáveis e pelo talento para mandar respostas certas embora 90% ao calhas.

Frases-chave: o Jorge não usa frases, usa asneiras intercaladas com parvoíces. Pode ser identificado pelos gritos de "Gnu!" sempre que pretende expressar a sua insatisfação.

 

José André: filósofo e professor (de Filosofia, que aquilo não dá para mais). Semi-profissional de quiz, alterna a organização de vários jogos na nossa praça com a memorização de mnemónicas  da tabela periódica: tem um conhecimento alargado e bastante equilibrado, falhando apenas na compreensão de factos essenciais à vida humana — e.g. durante o exercício físico não se inspira Vanádio.

Frases-chave: "****-se", seguido de uma diatribe sobre o azar na escolha de pergunta, a dificuldade desta, o critério de aceitação de resposta ou as condições climatéricas.