Meias finais do Quiz Nations Portugal (1ª edição)

2020
2019
2018
2017
2016
2015

 

Apesar da emoção do derby portuense entre os Borussia Montes De Lá De Baixo e os Wergamota, em geral os quartos de final confirmaram as expectativas resultantes das posições atingidas na primeira fase. O mesmo não se podia dizer sobre as meias finais: com poucos jogos disputados, a diferença entre um 1º e um 4º lugar resume-se a um azar aqui ou ali — um tema que devia ser sobre geografia mas afinal era sobre música pimba, uma recorde desportivo correcto se o mundo tivesse parado em 2015, etc..

Assim, as meias-finais prometiam defrontos bastante mais equilibrados, com tira-teimas a doer entre equipas de valor aproximado. A experiência dos Wergamota e Falta Aqui Alguém defrontou os irreverentes Barriga Tanquinho e IT Crowd, respectivamente. Se o primeiro embate proporcionou uma vitória relativamente limpa aos tripo-lituanos, os alfacinhas ausentes tiveram a vida mais dificultada: só na fase de equipas da segunda parte é que dispararam na pontuação, terminando com uma vantagem sobre os informáticos que não reflecte a maior parte do encontro.

O acesso à final para definição do 1º e 2º classificado produziu dois jogos super-equilibrados: os Manos Castro revelaram um maior ascendente na 1ª parte, mas os Borussia Montes De Lá De Baixo não baixaram os braços e anularam a desvantagem no início da 2ª. No entanto, uma má fase de equipas devolveu a vantagem aos corredores de fundo, que carimbaram a passagem à final com 5 pontos de vantagem final.

Na outra meia final, os Espertalhos do Roger queriam mostrar que a sua prestação na fase regular não corresponde ao seu valor real: com um arranque forte, estiveram à frente durante toda a 1ª parte, embora esta terminasse com os Zbroing 747 a recuperar e as equipas empatadas. Na 2ª parte houve uma ligeira inversão de papéis, com as onomatopeias aeronáuticas a abrirem caminho e os Espertalhos a tentar reduzir a desvantagem.

Dado o equilíbrio registado e o elevado nível das prestações individuais e colectivas, a 2ª fase de perguntas de equipa iniciou-se com um empate virtual. E, num encontro tenso e onde cada jogador sentiu o peso do momento, tudo seria definido nos últimos cinco minutos, cortesia das sempre imprevisíveis caixas-mistério. À entrada desta derradeira sequência, os Zbroing 747 tinham um ponto de avanço, calhando-lhes a primeira sequência de 3 questões: falharam a primeira (o híbrido de leoa e leopardo) e os Espertalhos passaram a saber que era possível ganhar — mas só se acertassem todas. Na seguinte, os Zbroing 747 falharam a "decollage", e a esperança espertalha ergeu-se: despenhar-se-iam na terceira questão?

Não, obviamente: num gesto humanitário, o youtuber PewDiePie guiou-os de volta para o hangar, retirando-se do jogo com 3 pontos de avanço e uma carga de nervos garantida para o que se seguiria. Os Espertalhos só podiam falhar uma pergunta da sua caixa-mistério — um cenário acessível, mas árduo. E mais difícil ficou quando erraram logo de entrada, olvidando os feitos da campeã paralímpica holandesa; mas compensaram de seguida com uma correcta identificação do Gran Chaco sul-americano.

Ultrapassada a pergunta potencialmente mais difícil desta série, restava identificar o penúltimo imperador austríaco Francisco José. Mas a soma de turismo cultural a Viena, 20 valores a história no ensino secundário e fotos em concertos de Franz Ferdinand não foi suficiente para ultrapassar um insidioso Kaiser Guilherme II: este instalou-se belicosamente na discussão e, para gáudio do adversário, foi a resposta final da equipa! Vitória suada para os Zbroing 747, que prosseguem assim para a final contra os Manos Castro.

Evolução pontual dos jogos

Clicando sobre cada entrada na legenda podem ser seleccionados jogos individuais. Passando com o ponteiro em cima de cada linha visualizam-se os temas escolhidos e jogadores que receberam a pergunta.

Resultados